Projeto de Desenvolvimento Hidroambiental - PRODHAM

Avalie este item
(0 votos)

O Projeto de Desenvolvimento Hidroambiental – PRODHAM atua, principalmente, realizando obras e serviços voltados para a preservação e recuperação de áreas degradadas. O PRODHAM tem procurado desenvolver, em caráter piloto e em moldes participativos, ações articuladas e sustentáveis para a recuperação e preservação dos recursos naturais no âmbito das microrregiões de quatro microbacias hidrográficas de municípios da região do semi-árido cearense:


Microbacia Hidrográfica – MBH do Rio Cangati - Canindé /CE; MBH do Rio Pesqueiro - Aratuba / CE; MBH do Rio Batoque - Paramoti/ CE; MBH do Rio Salgado – Palmácia/Pacoti/ CE.
A metodologia proposta pelo Projeto procura estabelecer um modelo de gestão participativo dos recursos hídricos, realizando para isso, investimentos em capacitação dos diversos atores sociais envolvidos (técnicos, organizações comunitárias, produtores rurais, jovens, professores etc) das áreas trabalhadas, objetivando introduzir a cultura preservacionista dos recursos naturais, especialmente o solo, a água e vegetação. Objetiva ainda, mostrar a importância das obras hidroambientais e edáficas implantadas, consolidar e desenvolver os instrumentos de gerenciamento e promover a participação da comunidade beneficiada, convocando-os a desempenhar um papel mais expressivo de multiplicadores, objetivando a disseminação dos conhecimentos e facilitando o processo de ensino – aprendizagem.

Entre as práticas utilizadas destacam-se:

- construção de infra-estruturas para evitar as perdas de solo e água (terraços verdes, cordões de contorno, barragens de pedra sucessivas, barragens subterrâneas, cisternas e poços profundos);

- envolvimento ativo das comunidades locais para o manejo e uso produtivo dessas infra-estruturas;

- educação ambiental dos produtores rurais e populações das microbacias, com a incorporação de temas ambientais na rotina escolar;

- assistência técnica para utilização econômica das áreas cultivadas;

- manejo florestal e reflorestamento;

- controle dos agentes poluidores;

- identificação e fortalecimento de atividades econômicas não-agrícolas para reduzir a pressão sobre os recursos naturais;

- capacitação de técnicos e produtores em práticas conservacionistas;

- adoção de tecnologias adequadas de gestão dos recursos naturais e de produção rural;

- monitoramento das atividades e resultados do Programa com o envolvimento da população. 

Vários benefícios resultam das atividades desenvolvidas pelo PRODHAM podendo-se destacar, o equilíbrio ecológico com o ressurgimento de formas de vida vegetal e animal; a melhoria da qualidade da água pela redução dos sedimentos; o aumento da oferta de pasto para o verão; a reposição da mata ciliar com a conseqüente sustentação dos solos, evitando a sua perda no período chuvoso; o aumento da produtividade das culturas de sequeiro pelo aumento da maior oferta de umidade para as culturas; o aumento da oferta de água de cisterna para o consumo humano; o aumento da oferta de água para outros usos; a ação em outras atividades produtivas geradoras de renda e o aumento da consciência conservacionista no homem do campo para que este se sinta também responsável pela preservação e recuperação do meio em que vive.

Ler 1784 vezes Última modificação em Sexta, 18 Setembro 2015 10:57