Página Inicial Imprensa Noticias Secretário fala sobre a Transposição do São Francisco em reunião do Fórum de Comitês de Bacias

Secretário fala sobre a Transposição do São Francisco em reunião do Fórum de Comitês de Bacias

Avalie este item
(1 Votar)

O secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, ministrou, nesta quinta-feira (25/08), palestra sobre o Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pirsf). A apresentação fez parte da programação de reunião extraordinária do Fórum Cearense dos Comitês de Bacias Hidrográficas. Teixeira procurou mostrar a obra nos seus aspectos técnicos, legais e institucionais. Destacou a importância da transposição e admitiu preocupação com o andamento dos trabalhos em decorrência de problemas com uma das empreiteiras responsáveis pela obra e da conjuntura sócio-político-econômica atual.


“Esse é um momento muito importante. No setor dos Recursos Hídricos, a informação deve ser compartilhada com todos os atores à exaustão. Esses atores irão assim, se somar a uma causa que é comum a todos os cearenses: a causa da água”, destacou Texeira. Ainda durante o evento, o presidente da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), João Lúcio Farias, fez apresentação das ações do Governo do Estado no enfrentamento aos efeitos da seca.


ENGENHEIROS – Na segunda-feira (22/08) o secretário Francisco Teixeira atendeu a convite da Academia Cearense de Engenharia (ACE), e apresentou detalhes da situação hídrica do Ceará neste quinto ano consecutivo de seca. Teixeira destacou as ações implementadas pelo governo no enfrentamento aos efeitos da severa estiagem, e ressaltou o trabalho do Grupo de Contingência (grupo técnico que monitora e agiliza medidas para evitar o colapso no abastecimento das cidades e sedes de grandes distritos).


“Esta seca, que antes afetava apenas a área rural, agora chega à área urbana”, destaca Francisco Teixeira. Uma das saídas para salvar as cidades do colapso é a construção de adutoras de montagem rápida, que têm menor custo e são mais eficientes.


Teixeira destacou o investimento em poços profundos, chafarizes e na instalação de dessalinizadores tanto nas sedes urbanas como em áreas rurais. Para conviver com as secas futuras, o secretário advoga que é necessário investir cada vez mais em ações estruturantes. O evento aconteceu na sede do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE).

Ler 615 vezes Última modificação em Sexta, 26 Agosto 2016 08:22