Página Inicial Imprensa Noticias Segurança hídrica: governador aciona Sistema de Reúso da ETA Gavião

Segurança hídrica: governador aciona Sistema de Reúso da ETA Gavião

Avalie este item
(0 votos)

Foram construídas uma elevatória, distante cerca de 1.500 metros da estação de tratamento do Gavião, e uma adutora, que levará a água da lavagem de filtro até o início do processo de tratamento

O Sistema de Reúso das Águas de Lavagem de Filtros da Estação de Tratamento de Água Gavião foi acionado, na manhã desta terça-feira (6), pelo governador Camilo Santana, em Pacatuba. A ação está incluída no Plano de Segurança Hídrica para Fortaleza e Região Metropolitana, apresentado pelo chefe do Executivo no último dia 26 de julho, como uma das medidas do Governo do Ceará para reduzir em 20% o consumo de água do sistema integrado de abastecimento até a próxima quadra chuvosa.

 MVS2003 webO governador destacou a importância da ação para atingir a meta estipulada. "Estamos no quinto ano consecutivo de seca, por isso há um esforço muito grande para evitar o racionamento, pois sei que quem mais perderia seria a população mais humilde. O Estado está investindo cerca de R$ 64 milhões para garantir o abastecimento. Esse acionamento de hoje é algo simbólico. Este ano aprovamos uma lei que regulariza o reúso da água.Temos feito isso desde o ano passado com a siderúrgica, reduzindo pela metade o gasto da água. Tenho trabalhado muito para estimular o reúso de água nas casas, nos prédios públicos, e essa obra é um início. Significa mais de um milhão de litros por hora que garantimos para os moradores. Além da grande campanha que fazemos, é importante as pessoas acabarem com o desperdício, acabar com as fraudes, é um trabalho de todos", disse.

Com investimento de R$ 3 milhões, proveniente da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), o sistema de reúso funcionará em fase de teste durante a primeira quinzena de setembro e deverá recuperar até 300 litros de água por segundo, que retornarão para o início do processo de tratamento para, posteriormente, serem distribuídos pelo sistema de abastecimento.

Foram construídas uma elevatória, distante cerca de 1.500 metros da estação de tratamento do Gavião, e uma adutora, que levará a água da lavagem de filtro até o início do processo de tratamento. O sistema também conta com uma barragem localizada no riacho Gavião, que permite acumular a água proveniente da lavagem dos filtros.

"O que estamos fazendo agora é trabalhando com o plano divulgado pelo Governo do Ceará, que é buscar fontes alternativas de água. Temos que economizar ao máximo a água dos sistemas Castanhão,  Pacoti, Riachão e Gavião, encontrar meios para não perder tanta água desses mananciais. Aqui na Gavião, antes a água era levada para o Rio Cocó, mas, com o reúso, 160906 ETA GAVIAO MG 4044 webela retorna para a estação, onde será tratada. Com isso, teremos condição de chegar ao próximo período chuvoso de maneira mais satisfatória", afirmou o presidente da Cagece, Neuri Freitas.

Já o secretário de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, detalhou outras ações que estão sendo desenvolvidas. "Essa primeira medida, o reúso da água do ETA Gavião, já vai entrar em ação e estamos trabalhando com outras. Em outubro vamos inaugurar o sistema de captação de água no açude Maranguapinho, onde vamos reaproveitar cerca de 200 litros por segundo, um investimento de quase R$ 4 milhões da Cogerh. Temos também os poços do Pecém. Já foram instalados quase 60 poços na Região Metropolitana e mais 40 no próprio Pecém para levar água para o reservatório de lá, garantindo assim mais 300 litros por segundo. Vamos aplicar o reajuste da tarifa de contingência que já vai passar a valer em setembro. O mais importante é a população compreender que tem que economizar, tem que colaborar, pois assim os resultados serão melhores", disse.


Reúso de água

Neste ano, a Assembleia Legislativa aprovou mensagem que isenta de ICMS todos os equipamentos que fazem o reúso de água. A mensagem, entregue pessoalmente pelo governador Camilo Santana aos parlamentares, disciplina a política estadual de reúso de água que deve ser feito de forma planejada, regulada e sustentável, garantindo condições adequadas de proteção à saúde pública e integridade dos ecossistemas e um desenvolvimento econômico equilibrado.

Atualmente, o Projeto São José III, desenvolvido por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), desenvolve convênios para implantação de 15 sistemas de reúso de água. Estão previstos para serem implantados até o final de 2017, em uma segunda etapa, mais 70 sistemas em outras 14 comunidades do Ceará. O Projeto de Reúso de Águas Cinzas é baseado na tecnologia do Bioágua Familiar, desenvolvida pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio do Projeto Dom Helder.


Como funcionam as ETAs

Tudo começa nos mananciais (açudes, lagos, rios, nascentes e poços). A “água bruta” (sem tratamento) vinda desses mananciais é captada por bombas e adutoras e é levada até uma Estação de Tratamento de Água (ETA). No Ceará, existem 154 ETAs.

Nas ETAs, a água passa por um rigoroso processo para remoção de impurezas e tratamento (floculação, decantação e filtração). Depois de limpa, a água recebe cloro para desinfecção e é encaminhada para estações de bombeamento, que bombeiam a água para os reservatórios de cada bairro e, assim, chega às casas.

Medidas emergenciais do Plano de Segurança Hídrica

1 – Reforço no combate às perdas;
2 – Perfuração de poços em prédios públicos e áreas de abastecimento crítico;
3 – Perfuração de Poços no Pecém;
4 – Aproveitamento do Sistema Hídrico do Cauípe;
5 – Aproveitamento do açude Maranguapinho;
6 – Sistema de reúso da lavagem dos filtros da ETA Gavião;
7 – Implantação dos sistemas de captação pressurizada no Gavião;
8 – Uma adutora de água tratada para reforço do abastecimento de Aquiraz;
9 – Revisão da Tarifa de Contingência;
10 – Redução da oferta de água em 20% para as indústrias da RMF;
11 – Plano de comunicação, informando e ressaltando a conscientização.

06.09.2016

Fotos: Marcos Studart / Carlos Gibaja / Governo do Ceará
          CAGECE


Thiago Sampaio
Repórter / Célula de Reportagem

Ler 611 vezes Última modificação em Quinta, 08 Setembro 2016 09:14