Página Inicial Imprensa Noticias Governo do Ceará reforça ações de segurança hídrica com novas perfuratrizes

Governo do Ceará reforça ações de segurança hídrica com novas perfuratrizes

Avalie este item
(0 votos)

Com investimentos de R$ 3,6 milhões, os dois primeiros equipamentos foram entregues à Superintendência de Obras Hidráulicas  (Sohidra) para intensificar o programa de perfuração de poços no Interior

 MVS3118 webO governador Camilo Santana realizou, na manhã desta segunda-feira (12), a entrega de duas máquinas perfuratrizes que vão reforçar o programa de poços profundos no Interior. São as primeiras das cinco máquinas já adquiridas pelo Governo. "Essas duas novas máquinas reforçam as outras onze que já existem no Governo do Ceará. Com elas, teremos um grande reforço não só para as áreas rurais, mas também para a zona urbana do Interior que também sofre drasticamente com as consequências da seca. Estamos empenhados, com reuniões semanais, para que todos possam ter água em suas residências. Só de 2015 até agora, já cavamos mais de 2.300 poços profundos em todo Estado, possibilitando que o acesso à água não seja interrompido em nenhuma cidade”, disse o governado.

Os equipamentos são próprios para perfuração de poços em regiões de solo com embasamento cristalino, predominante nos sertões cearenses. Acordado com o Comitê Integrado da Seca do Ceará, as novas perfuratrizes serão enviadas para os municípios de Iracema, na região do Vale do Jaguaribe, e Aracatiaçu, distrito de Sobral, na região Norte do Estado.  Ao todo serão adquiridos 19 comboios. Cada um é composto por uma máquina perfuratriz, um compressor e um caminhão de apoio. Esses primeiros conjuntos tiveram preço de R$ 1,8 milhão cada, totalizando investimentos de R$ 3,6 milhões.  

O secretário Francisco Teixeira, de Recursos Hídricos, comentou as iniciativas adotadas pelo Estado com o objetivo de diminuir os efeitos do quinto ano consecutivo de estiagem. “Desde o ano passado, estamos investindo em uma série de ações, como perfuração de poços, construção de adutoras, chafarizes e sistemas de abastecimentos de água. Atualmente, trabalhamos com 30 perfuratrizes, sendo 11 do Estado e as outras 19 de empresas privadas que são terceirizadas pela Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra). Após a aquisição de todas as outras perfuratrizes, iremos regionalizar e ampliar ainda mais nossas ações”, reforçou o secretário.


Plano de Segurança Hídrica

Uma das prioridades do Governo do Ceará tem sido intensificar e garantir
recursos e estratégias para minimizar os efeitos do quinto ano consecutivo de estiagem no Estado. Em fevereiro de 2015, com foco no interior, foi lançado o Plano Estadual de Convivência com a Seca prevendo medidas emergenciais, estruturantes e complementares para cinco eixos de atuação: segurança hídrica, segurança alimentar, benefícios sociais, sustentabilidade econômica, e conhecimento e inovação. Na ocasião, também foram desenvolvidas ações e campanhas para promover o uso consciente e responsável da água.

Entre as iniciativas adotadas estão: perfuração de poços, que já supera a marca dos dois mil nos anos de 2015 e 2016, construção de adutoras, que já chega a 330 km de adutoras de norte a sul do Ceará, além de chafarizes e sistemas de abastecimentos de água. O programa de perfuração de poços está sendo intensificado nas regiões que mais precisam. Em 2016 o Governo do Ceará já  perfurou 1.300 poços profundos, número que já supera o ano anterior, quando foram 1.150 poços.

Em junho deste ano, o governador Camilo Santana anunciou um conjunto de ações emergenciais com foco no abastecimento de água em Fortaleza e Região Metropolitana.

Medidas emergenciais do Plano de Segurança Hídrica:


1 – Reforço no combate às perdas;

2 – Perfuração de poços em prédios públicos e áreas de abastecimento crítico;

3 – Perfuração de Poços no Pecém;

4 – Aproveitamento do Sistema Hídrico do Cauípe;

5 – Aproveitamento do açude Maranguapinho;

6 – Sistema de reúso da lavagem dos filtros da ETA Gavião;

7 – Implantação dos sistemas de captação pressurizada no Gavião;

8 – Uma adutora de água tratada para reforço do abastecimento de Aquiraz;

9 – Revisão da Tarifa de Contingência;

10 – Redução da oferta de água em 20% para as indústrias da RMF;

11 – Plano de comunicação, informando e ressaltando a conscientização


12.09.2016

Wilame Januário / Ana Martins
Repórter de Célula - Reportagem / Gestora de Célula - Secretarias


Fotos: Marcos Studart / Governo do Ceará

Ler 600 vezes