CINTURÃO DAS ÁGUAS DO CEARÁ – TRECHO 1 (JATI-CARIÚS)

 

Cinturão das Águas

Concebido para viabilizar uma maior capilaridade das vazões transpostas pelo Projeto de Integração do Rio São Francisco em território cearense, o Cinturão das Águas – CAC encontra-se com o seu Trecho I em fase de conclusão. São aproximadamente 150 km de caminhamento, compreendendo segmentos de canal a céu aberto, túneis e sifões, com a função de aduzir a água derivada da barragem Jati, no município de mesmo nome, situada no Eixo Norte do PISF, na região hidrográfica do Rio Salgado, até as nascentes do Rio Cariús, no município de Nova Olinda, na região do Alto Jaguaribe.

A implantação do Trecho I do CAC, além de propiciar a transferência das vazões transpostas pelo PISF até o Açude Orós (segundo maior do Estado), possibilita uma melhor eficiência (até a construção do Ramal do Salgado) na condução da água derivada do Eixo Norte até o Açude Castanhão (maior do Estado).

Para a Região do Cariri, a segunda em densidade demográfica e em importância econômica do Estado, o CAC enseja um relevante aumento da garantia hídrica, uma vez que o aquífero Missão Velha, principal manancial da região para o atendimento de todas as demandas da população, apresenta os primeiros sinais de que atingiu o limite de sua explotação. Deste modo, ao estabelecer uma maior aproximação da água do Projeto São Francisco a todos os municípios da bacia hidrográfica do Salgado, o CAC aumenta a disponibilidade hídrica para os múltiplos usos de toda a população da Região do Cariri.

Outro benefício, não menos importante, propiciado pelo CAC, é o incremento da garantia hídrica para o abastecimento dos municípios da região do Alto Jaguaribe, por meio dos sistemas adutores concebidos no Programa Malha d’Água. Este sistema teria sua captação no final do Trecho I, em Crato ou Nova Olinda, e conduziria a água tratada até cidades como Araripe, Campos Sales e Salitre, dentre outras que apresentam relevante vulnerabilidade hídrica.

Com investimento de R$ 2,083 bilhões, este empreendimento apresenta uma execução no nível de 64% em Outubro de 2019.

 

Trecho Emergencial

 

Consiste em concluir o Lote 1 do CAC, passando pelos túneis Sítio Alto 1 e Sítio Alto 2, concluir 9,2km do lote 2 até chegar no túnel Veneza, em seguida transpor água para o Riacho Seco (que tem capacidade de absorver um fluxo d’água superior a 500m³/s), e deste chegar no Rio Salgado e fluindo até ao Açude Castanhão, e deste atravessar o Eixão das Águas até a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Encontra-se com percentual de 98% executado.